Passo a passo para criar um e-mail marketing

Quando bem aplicada, a estratégia de e-mail marketing pode produzir ótimos resultados para seu consultório ou clínica de psicologia. Você ainda não utiliza esse recurso de marketing digital? Se a sua resposta for positiva, confira a seguir o nosso passo a passo para criar um e-mail marketing e não perder mais tempo!

Jamais compre listas de e-mails

Para começar, jamais pense em comprar listas de e-mails! Essa prática é condenável e pode  gerar efeito contrário, pode sair muito caro para você! Construa a sua base de contatos por landing page, por exemplo, e peça autorização para enviar e-mails àquela pessoa.

A landing page é a forma mais utilizada para captação de leads, mas você também pode obter as informações por pop-ups personalizados no site, quando a pessoa estiver prestes fechar a página. E sempre ofereça algo em retribuição!

Aprimore a sua comunicação com o cliente

Em vez de empresa@nomedaempresa.com.br, coloque o remetente com seu nome (seunome@nomedaempresa.com.br). Assim, a pessoa se dará conta de que quem enviou a mensagem é alguém real, e não uma máquina.

Essa estratégia é tão importante que influencia na taxa de abertura e cliques no e-mail. Portanto, não deixe de aplicá-la no seu dia a dia.

Agora é a hora de você definir a sua comunicação com o cliente: quem é seu público-alvo? Que tipos de ações você pretende realizar com o e-mail marketing? Qual linguagem você vai utilizar na mensagem? Que métricas vão indicar o sucesso da estratégia?

É importante também que você padronize a identidade visual das mensagens, de preferência com a identidade visual já criada para o consultório ou clínica. Assim, a pessoa vai saber imediatamente quem enviou aquele e-mail, e isso gera reconhecimento, é sinal de profissionalismo e seriedade.

Agora você vai escrever o seu conteúdo e colocar a chamada para ação antes de encerrar o contato. Ela é a atitude que você quer que o público tome após a leitura, e pode garantir o seu resultado com a estratégia!

Ah, e não se esqueça de deixar a opção para descadastro. Caso a pessoa não queira mais receber o e-mail marketing, ela vai descadastrar e não enviar para spam, diminuindo as reclamações e melhorando a entrega do conteúdo.

Estabeleça o seu calendário de envios

É fundamental que você estabeleça também o calendário de envios de e-mail marketing, para buscar um ponto de equilíbrio. Afinal, enviar muitas mensagens pode incomodar o cliente, mas poucas pode não surtir o efeito desejado.

Sugerimos que você envie e-mail marketing sempre nos mesmos dias e horários, assim a sua audiência vai esperar o contato na data determinada. Você pode fazer testes para definir o momento ideal de envio!

Faça medições regulares

Com testes, você saberá o dia e horário ideal para enviar o e-mail marketing ao público-alvo, mas as métricas servem para muito mais que isso: elas mostrarão se a estratégia está dando certo ou não, de acordo com seus objetivos.

Não tenha receio de voltar quantas vezes precisar e fazer ajustes, porque um dia você chega lá. E-mail marketing dá certo, mas exige planejamento e dedicação. É hora de começar a construir sua estratégia!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *